lonely without me

''eu me sinto às vezes tão frágil, queria me debruçar em alguém, em alguma coisa. alguma segurança. invento estorinhas para mim mesmo, o tempo todo, me conformo, me dou força. mas a sensação de estar sozinho não me larga. algumas paranóias, mas nada de grave. o que incomoda é esta fragilidade, essa aceitação, esse contentar-se com quase nada.''

CaioFernandoAbreu.

3 probleminha(as):

Mah disse...

Caio Fernando Abreu sempre consegue expressar os seus sentimentos de uma maneira clara e objetiva. Adorei

Sarah Slowaska disse...

Nossa, que perfeito :O
O pior é que é mesmo, vamos nos conformando e nos acostumando com este ' quase nada'.
Um 'quase nada' que acaba se tornando no' quase tudo' de muita gente.

Lindo blog, adorei o lay *___*
beijos!

C. disse...

Oi, eu só passei para avisar que tem selinhos para você no meu blog (:

http://alwaysfallin.blogspot.com/

xoxo' :**